Abramet alerta perigo em votação virtual para alteração do Código de Trânsito Brasileiro

Diante da possibilidade de votação virtual das alterações propostas ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em discussão no Congresso Nacional há mais de um ano, a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) divulgou nesta sexta-feira (15) mensagem aos médicos especialistas e toda a sociedade sobre o tema. No comunicado, a entidade alerta: pela importância histórica e o potencial de impacto do CTB na dinâmica dos brasileiros, a proposta de mudanças na legislação não deve ser votada de forma virtual, “por não haver qualquer necessidade de sua imediata votação”.

CONFIRA A ÍNTEGRA DO COMUNICADO

Segundo o informe, a Diretoria da Abramet está mobilizada a avançar no diálogo sobre as mudanças e determinada em defender a vida e a saúde no trânsito. “Em meio à pandemia pelo novo coronavírus, em que o distanciamento social modificou o regime de trabalho do Congresso Nacional, a Abramet acompanha atentamente toda movimentação política relacionada à votação das mudanças no CTB”, destacou.

A Abramet também aproveitou para reiterar seu interesse em contribuir com a modernização do Código e lembrou que, juntamente com várias entidades médicas, tem trabalhado para apresentar aos parlamentares informações técnicas e científicas sobre a importância da Medicina de Tráfego e a necessidade de uma abordagem mais rigorosa e preventiva às questões do trânsito.

No comunicado, a Abramet detalha este trabalho e também convida os médicos de tráfego a encaminharem mensagens os parlamentares nos estados.