Abramet cumprimenta Mandetta e oferece apoio ao novo ministro da Saúde

A pandemia pelo novo coronavírus, cujo controle e prevenção tem desafiado o mundo todo, tem exigido também do Brasil a articulação de esforços para prevenir a transmissão do vírus e garantir o pleno atendimento daqueles que desenvolverem a Covid-19.

Nesse cenário de grandes desafios e incerteza, a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) reconhece a contribuição e liderança do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, cuja gestão apoiou-se na valorização e uso da ciência para conduzir as ações do governo brasileiro para preservar a vida da população.

Ao empenhar apoio ao novo ministro, Nelson Teich, a diretoria da Abramet desejou que a ciência seja sua principal conselheira para a tomada de decisões. “O ministro Teich pode contar com os médicos de tráfego como aliados para, em conjunto, oferecermos uma assistência cada vez mais qualificada ao povo brasileiro. Que tenha muito sucesso nessa desafiadora fase de sua carreira”, destacou Antonio Meira Júnior, presidente da entidade.

Meira lembra que Teich recebeu também o apoio da classe médica, por intermédio da Associação Médica Brasileira (AMB), entidade que participou de todo o processo que culminou na escolha do novo ministro. Para o presidente da Abramet, tal como demonstrou Mandetta, a expectativa da classe é que Teich paute sua gestão pelos mais elevados atributos éticos, impondo solidez, segurança e confiabilidade às medidas adotadas pelo Brasil até o momento.