Abramet participa do movimento Maio Amarelo e reforça defesa da vida e redução de mortes no trânsito

Em meio ao distanciamento social imposto pelas medidas de prevenção à COVID-19, a edição deste ano do movimento Maio Amarelo será realizada inteiramente no campo digital. Coordenado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária e realizado em conjunto com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o movimento abordará ao longo deste mês o mote “Perceba o risco. Proteja a vida” em diversas campanhas digitais nas redes sociais, sites e aplicativos.

As tradicionais ações educativas presenciais, como palestras, caminhadas e panfletagem em avenidas e rodovias, serão realizadas em setembro, quando se espera a possível reversão da crise epidemiológica. Além da Abramet, também aderiram à campanha digital instituições como os ministérios da Cidadania, Saúde e Infraestrutura, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Agência Nacional de Transportes Terrestres, Associação Nacional dos Detrans, Organização Pan-Americana de Saúde, entre outras.

MENSAGEM RENOVADA – A prevenção à COVID-19 será um dos temas abordadas pelo movimento Maio Amarelo. A abordagem da campanha terá foco também nos cuidados que devem ser tomados para evitar a transmissão do novo coronavírus, especialmente os profissionais de saúde e aqueles que seguem atuando no trânsito: caminhoneiros, motoristas de ônibus, entregadores – motociclistas e ciclistas dos aplicativos e empresas especializadas, socorristas, bombeiros etc.

“Essa é uma iniciativa importante, principalmente nesse momento em que essas pessoas têm mantido atividade para atender a população”, comenta Meira. Nesta toada, a Abramet preparou e divulgou recentemente diversos documentos orientativos para esclarecer esses profissionais sobre a COVID-19 e como se protegerem do contágio. A entidade divulgou cartilhas e realizou ações de mobilização em parceria com outras instituições (CONFIRA AQUI)

ENGAJAMENTO – O movimento Maio Amarelo foi desencadeado em 29 de abril, com uma transmissão ao vivo via Facebook e Instagram em todo país. Foram 45 minutos de conversa, conduzidos por dirigentes do Observatório Nacional de Segurança Viária, que apresentaram a campanha e explicaram o mote adotado nesse ano.

Toda a campanha do movimento pode ser replicada por qualquer pessoa, empresa ou entidade que deseje se engajar na defesa do trânsito seguro e está disponível no site do Maio Amarelo (www.maioamarelo.com). “Nós apoiamos e replicaremos esse esforço, dando ressonância ao Maio Amarelo. A pandemia nos abriu um novo campo de reflexão e vamos utilizá-la para reforçar nossa mensagem”, diz Meira.