Detran anuncia criação de indicadores de acidentes de trânsito no Fórum Maio Amarelo

O Fórum Maio Amarelo reuniu nesta quinta-feira (12), no Centro de Convenções do Hotel Fiesta, em Salvador, as 50 instituições públicas e privadas convocadas pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) para a mobilização mundial pela segurança viária, neste mês. O encontro permitiu a troca de informações entre as entidades parceiras, na busca de soluções para a epidemia do trânsito.
Em 2015, o seguro obrigatório DPVAT pagou mais de 600 mil indenizações por acidentes de trânsito no Brasil; 60% dos leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) foram ocupados por vítimas de acidentes. “ Esses dados comprovam que o trânsito deve ser tratado também como um problema de saúde pública. Somente com ações conjuntas vamos conseguir mudar essa realidade. O Detran assumiu recentemente o comando do Comitê Gestor Projeto Vida no Trânsito, responsável, entre outras ações, pela elaboração de medidas para a prevenção de acidentes”, disse o diretor-geral do departamento, Lúcio Gomes.
O comitê é composto por órgãos de trânsito, segurança e saúde. O Detran quer unificar as estatísticas de acidentes para formatar os indicadores de violência nas vias. “Por meio deste instrumento de gestão, será possível saber quais os locais com mais acidentes, os trechos mais perigosos, o perfil das vítimas e outras informações para a implantação de políticas públicas”, completou Lúcio Gomes. O Detran anunciou também o uso do protótipo de bicicleta nos exames práticos de direção.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apresentou os resultados positivos do Festival Estudantil Temático (Fetran), projeto de educação para o trânsito voltado para crianças e adolescentes do município de Itaberaba, na Chapada Diamantina. “Em 2012, conseguimos uma redução de 35,8%  no número de acidentes, atuando como polícia cidadã e inserindo na grade curricular das escolas a disciplina trânsito. Para que continue dando certo, precisamos do apoio de pais, professores e órgãos de trânsito”, relatou a inspetora da PRF, Janaína Souza.
Durante o fórum, o Detran propôs à Polícia Rodoviária Federal e Estadual e ao Esquadrão Águia da Polícia Militar uma grande operação de fiscalização conjunta, no período de São João. A proposta é intensificar as blitzes da Lei Seca nas estradas mais movimentadas do estado, nos dias de festa.