Trabalho da Abramet é reconhecido pelo dep. Hiran Gonçalves, presidente da Frente Parlamentar da Medicina e médico de tráfego

O trabalho realizado pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) junto aos deputados e senadores, no Congresso Nacional, foi reconhecido pelo presidente da Frente Parlamentar da Medicina (FPMed), deputado federal Hiran Gonçalves (PP-RR). O parlamentar, que também é médico especialista em medicina de tráfego, disse em entrevista concedida durante reunião da Frente, em Brasília, que a Abramet tem sido uma associação de classe exemplar na representação da categoria médica e na defesa de um trânsito mais seguro para motoristas, passageiros, pedestres e, consequentemente, em benefício da saúde da população.

O deputado roraimense citou o esforço da diretoria da Abramet para assegurar que, na Comissão Especial responsável pela análise da atualização do Código de Trânsito Brasileiro, o novo Código não seja desfigurado. As mudanças propostas pelo governo, segundo o parlamentar, prejudicariam a segurança do trânsito e a atuação dos profissionais da medicina de tráfego. “O Executivo sinalizou com um modelo permissivo que deixaria todos em situação de vulnerabilidade. O deputado Juscelino Filho (DEM-MA), relator da matéria, está concluindo um novo texto, ouvindo a ciência médica”, afirmou.

Ao destacar o trabalho do relator do texto substitutivo ao projeto original do poder Executivo, Hiran Gonçalves fez questão de valorizar a abordagem da diretoria da Abramet junto à Comissão Especial, que resultou em emendas que incorporaram várias contribuições da especialidade com foco na proteção da vida e da saúde de motoristas, passageiros e pedestres. “As proposições foram elaboradas com base em estudos técnicos e científicos apresentados pela Associação”, ressaltou o presidente da FPMed.

O presidente da Abramet, Antonio Meira Júnior, também destacou que o deputado Hiran Gonçalves tem sido um grande líder e representantes dos médicos no Congresso Nacional, sempre ouvindo as associações que representam as diversas especialidades médicas. A Abramet integra o Instituto Brasil de Medicina (IBDM), que é formado por mais de 40 associações médicas para assessorar e qualificar a atuação dos 246 deputados e senadores da Frente Parlamentar da Medicina nas diversas matérias sobre saúde que tramitam na Câmara e no Senado.

Meira Júnior lembrou, também, que o presidente da FPMed, como parlamentar e médico de tráfego, tem dado total apoio a Abramet na Comissão Especial de revisão do CTB. O esforço conjunto faz parte da estratégia para oferecer uma melhor assistência à população e condições de trabalho dignas para os médicos e outros profissionais da saúde, por meio de seus grupos organizados. “A Abramet tem buscado ampliar seus espaços de interlocução com outros segmentos da saúde e da sociedade, com o Governo e com o Congresso Nacional”, disse Meira Júnior.

O presidente da Abramet destacou, ainda, que o trabalho de convencimento da Associação foi fundamentado em dados técnicos e atualizados que conferiram credibilidade aos especialistas em Medicina de Tráfego perante as autoridades. Ele citou, entre outros exemplos, a manutenção da exigência de dispositivos de retenção de crianças em veículos, com aplicação de penalidades aos infratores, e a realização de exame de aptidão física e mental para concessão e renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) feito por médicos de tráfego.