Seja bem-vindo! Hoje é: terça, 28 de Maio de 2024

Redes de comunicação debatem seu papel na redução da acidentalidade no trânsito

| Notícias

Diretores de grandes redes de comunicação aceitam o desafio de desenvolverem um projeto conjunto para conscientização, em parceria com a Abramet/RS.
O XI Congresso sobre Acidentes e Medicina do Tráfego, que iniciou na quinta (10), contou com cerimonia de abertura oficial, na qual foram homenageadas entidades e profissionais.
Na manhã desta sexta-feira (11), o evento iniciou com o painel “O Papel da Mídia na Redução da Acidentalidade no Trânsito, que contou com a participação de representantes dos principais grupos de comunicação do Estado – RBS, Rede Record, Rede Pampa e SBT.
O presidente do XI Congresso da Abramet, Dr. Juarez Monteiro Molinari foi o moderador do encontro e destacou que a mídia, considerada “o quarto poder” pela sua capacidade de influenciar a opinião pública e moldar comportamentos, tem papel fundamental no esforço conjunto da sociedade e do governo para a redução da violência no trânsito.
Os painelistas Cézar Freitas, diretor de Jornalismo da RBS TV RS, Luiz Cruz, diretor geral do SBT RS, Fábio Behrend, diretor de Jornalismo da Rede Record RS e Gustavo Vitorino, comunicador da Rede Pampa explanaram o trabalho realizado em suas empresas para informar, educar e reduzir os índices de acidentes nas estradas.
Cézar, da RBS TV, trouxe ao público os depoimentos de Elói Zorzetto, editor-chefe do telejornal RBS Notícias e Carla Fachim, repórter da emissora que destacaram sobre o desafio diário de informar sobre as ocorrências e acontecimentos do trânsito. O diretor também comentou sobre as campanhas realizadas sempre com o objetivo de que “a educação é quem transforma”.
Luis Cruz, do SBT, ponderou que a mídia deve também assumir suas responsabilidades de multiplicador, influenciador e persuasão para o trânsito e de alerta para as autoridades e população. “Acidentes de trânsito são uma das maiores de morte prematura do mundo e são necessárias ações que estimulem a mudança de compromisso das pessoas”, comentou.
Fábio Behrend, destacou a forma que Rede Record trabalha nestas questões ligadas ao trânsito e sobre o programa Balanço Geral, carro chefe da emissora, onde o apresentador Alexandre Motta tem suas opiniões firmes, pela defesa dos interesses da população.
Gustavo Victorino, destacou a programação jornalística baseada na informação e opinião das da Rede Pampa e conclamou “é hora de se conscientizar com atos e atitudes”.
Finalizando o painel, Fábio Behrend lançou o desafio de uma campanha conjunta com todas as redes para conscientizar e educar a população para trânsito. A atitude foi bastante aplaudida pelo público que lotou o auditório Érico Veríssimo, do Wish Serrano Resort, em Gramado/RS, local do 11º Congresso Brasileiro Sobre Acidentes e Medicina de Tráfego.
Hoje ainda serão apresentados e debatidos os seguintes temas: acidentes nas estradas – as limitações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), com a participação do Dr Rodrigo Caselli Belem do Conselho Federal de Medicina; acidentalidade no Trânsito – educação, formação e mudança cultura, com a participação de Diza Gonzaga, da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga/Vida Urgente; álcool e acidentes de trânsito/o Brasil tem solução? com autoridades políticas; diretrizes atuais da America Heart Association para ressuscitação cardiopulmonar no atendimento pré- hospitalar, com Antônio Jorge Salomão, secretário geral da Associação Médica Brasileira (AMB); mastectologia e adaptações veiculares, com a presidente do Instituto da Mama (IMAMA) Dra. Maira Caleffi; álcool e direção veicular, com o psiquiatra Flavio Pechansky; ações concretas para o combate a impunidade e a violência do trânsito, com representantes do Detran, Denatran, AND e deputados; e, para encerrar campanhas destinadas a conscientização da população quanto a prevenção dos acidentes de trânsito.

HOMENAGEADOS NA ABERTURA DO EVENTO
Troféu PEDRO KASSAB: Associação Médica Brasileira – AMB, representada pelo presidente Dr. Florentino Cardoso; Associação Nacional dos Detrans – AND, representada pelo presidente Sr. Marcos Traad da Silva; Detran/RS representada pelo diretor geral Dr. Ildo Mario Szinvelsi; Fundação Thiago de Moraes Gonzaga, representada pela presidente Sra. Diza Gonzaga; Instituto Paz no Trânsito – IPTRAN, cuja a presidente, Deputada Federal Sra. Christiane Yares esteve representada pelo Sr. Gilmar Yared.

Com o objetivo tanto para promoção da saúde, como para a prevenção de acidentes de trânsito e alçar a medicina do tráfego à condição de especialidade médica, sob coordenação do Dr. Pedro Kassab, então presidente da AMB, dundou-se a Abramet, em 19 de agosto de 1980. A Associação Brasileira de Medicina do Tráfego institui o prêmio Pedro Kassab como forma de reconhecimento a instituições que se destacaram na área de segurança e prevenção de acidentes no trânsito.

Troféu HILÁRIO VEIGA DE CARVALHO: Prof. Daniel Romero Muñoz; Dr. Juarez Monteiro Molinari; Dr. Trajano Roberto Afonso Henke; Dr. Ricardo Irajá Hegele.

A Associação Brasileira de Medicina de Tráfego instituiu o prêmio Hilário Veiga de Carvalho como forma de reconhecimento a profissionais que se destacaram na área de segurança e prevenção de acidentes de trânsito. E que, por intermédio do saber científico, não medem esforços e dedicação em prol do desenvolvimento e da melhoria da qualidade de vida do cidadão no sistema do trânsito.

 unnamed (1)unnamed (2)