Médicos do Tráfego manifestam solidariedade às famílias e amigos de vítimas da tragédia em Taguaí-SP

Para a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), a tragédia que atingiu dezenas de famílias na rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP 249), no interior paulista, nesta quarta-feira (25), sinaliza a importância do fortalecimento urgente de políticas de promoção da saúde e da segurança no trânsito.

“Entre 2014 e julho deste ano, 648 mil acidentes foram registrados nas rodovias federais, 44% deles (283,5 mil) associados à condição de saúde dos motoristas no momento da ocorrência”, pontua a Abramet, em nota divulgada. Para a entidade, em mais de 90% dos acidentes as principais causas estão relacionadas ao fator humano e podem ser prevenidas.

ACESSE E LEIA A ÍNTEGRA DA NOTA DA ABRAMET