Semana Nacional de Prevenção de Acidentes alerta para a importância da cultura do bem cuidar para a proteção das crianças

A Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) participará da Semana Nacional de Prevenção de Acidentes e levará orientação sobre os cuidados no transporte de crianças. O evento, que acontece de 25 a 27 de agosto, é uma realização da Aldeias Infantis SOS e do Instituto Bem Cuidar, em parceria com a ONG Visão Mundial, para alertar os pais, responsáveis e o poder público para a necessidade de uma conduta de prevenção e maior proteção do público infantil. Sinistros são hoje a principal causa da morte de crianças e adolescentes entre 1 e 14 anos: 90% deles poderiam ser evitados por meio de ações comprovadas de prevenção.

“Esse é um tema de grande importância e que está entre as prioridades da Abramet”, afirma o dr. Áquilla Couto, Especialista em medicina do tráfego e Coordenador do Departamento do Médico Jovem e Micromobilidade da entidade. “Em 2021, publicamos diretriz inédita sobre o transporte de crianças em ambulâncias e temos dado outras contribuições para estimular maior consciência e cuidado com o público infantil, com foco na prevenção do sinistro e proteção da vida das crianças no trânsito”. Sua palestra abordará o tema “Entornos Seguros e Protetores: acidentes de trânsito” e está confirmada para a manhã de 25 de agosto.

A Semana Nacional de Prevenção de Acidentes será realizada online, reunindo especialistas de renome. Para alcançar o maior público possível, a inscrição é gratuita e aberta a todos os interessados, uma oportunidade para aprender mais sobre prevenção e receber orientações valiosas. Para participar, basta increver-se pelo site: é: https://www.sympla.com.br/semana-nacional-de-prevencao-de-acidentes__1309307.  O evento será transmitido ao vivo pelo canal da Aldeias Infantis SOS no YouTube.

“Todos os dias, 8 crianças morrem e outras 288 são hospitalizadas por causas acidentais no Brasil. Prevenção é a palavra-chave para reduzirmos números tão alarmantes e disseminara cultura do bem cuidar, por meio da promoção da proteção e do cuidado de qualidade de crianças e adolescentes, é um passo importante nessa direção”, ressalta Erika Tonelli, coordenadora geral do Instituto Bem Cuidar, unidade meio da Aldeias Infantis SOS para gestão do conhecimento e responsável pela continuidade do legado da ONG Criança Segura.

Programação e debate – Durante os três dias, serão organizados diálogos virtuais sobre os acidentes mais comuns na faixa etária do 0 aos 14 anos e como evitá-los, com a participação de especialistas e instituições que são referência no tema. Também estará na programação do evento, a discussão da importância de políticas públicas na área de prevenção e de como a imprensa pode colaborar com a difusão de medidas preventivas.

“O Estatuto da Criança e do Adolescente e a própria Constituição estabelecem os direitos da infância como uma prioridade absoluta. Garantir ambientes seguros a crianças e adolescentes é um dever de todas as pessoas, da sociedade e do próprio Estado. Como uma rede de proteção, temos trabalhado para que organizações da sociedade civil e gestores dos municípios tenham o tema da prevenção de acidentes no calendário anual de ações”, ressalta o coordenador de Advocacy da Visão Mundial, Reginaldo Pereira.

Conheça a programação:

25/08 (quarta-feira)

  • 9h: Abertura com apresentação dos dados de acidentes com crianças e adolescentes no Brasil, com Erika Tonelli, Coordenadora Geral do Instituto Bem Cuidar (IBC) e Reginaldo Silva, Coordenador de Advocacy e Participação Juvenil de Visão Mundial da ONG Visão Mundial
  • 9h15: Prevenindo Sufocação e Engasgo (Primeiros Socorros), com o Pediatra Dr. Cláudio Soriano, Alessandra Begalli, advogada, mãe do Lucas, co-fundadora do Movimento Vai Lucas e idealizadora da Lei Lucas do Instituto Lucas e Andrea Zamora, socorrista, instrutora de cursos de primeiros socorros e fundadora do Movimento Vai Lucas
  • 10h20: Entornos Seguros e Protetores: acidentes de trânsito, com Dr. Áquilla Couto, Especialista em Medicina do tráfego e Coordenador do Departamento do Médico Jovem e Micromobilidade da ABRAMET- Associação Brasileira de Medicina de Tráfego

26/08 (quinta-feira)

  • 9h: A importância da pauta de prevenção de acidentes nas políticas públicas:

Semanas Municipais, com Sérgio Marques, Sub Gestor Nacional Advocacy, Alianças Institucionais e Cooperação da Aldeias Infantis SOS e Reginaldo Silva, Coordenador de Advocacy e Participação Juvenil de Visão Mundial da ONG Visão Mundial ;Importância da Lei, com Larissa Gaspar, vereadora em Fortaleza (CE); Como conseguiu implantar a lei, com Professora Josete Dubiaski, vereadora em Curitiba (PR).

  • 10h10: O Papel da Imprensa na Prevenção de Acidentes, com Mariana Kotscho e Roberta Manreza, Jornalistas do Papo de Mãe, site parceiro do UOL
  • 10h30: Porque os acidentes fatais ocorrem mais na Primeiríssima Infância? – Com a pediatra Dra. Ana Escobar

27/08 (sexta-feira)

  • 9h: Prevenido os principais acidentes na infância: queimadura, com a Dra. Elaine Tacla, Presidente do IPAQ- Instituto de Políticas e Atenção em Queimaduras e SBQ – Sociedade Brasileira de Queimaduras
  • 9h25: Prevenindo o Afogamento, com a pediatra Dra. Aline Menezes
  • 9h50: Prevenindo a Intoxicação, com a pediatra Dra. Carolina Campos
  • 10h15: Prevenindo a Queda, com o pediatra Dr. Ruy Nogueira
  • 10h40: : Encerramento com Erika Tonelli, Coordenadora Geral do Instituto Bem Cuidar (IBC)